top of page
  • Foto do escritorGatil Gold Cat

Principais doenças que podem acometer nossos felinos - Parte 2

Existem diversas doenças, algumas mais graves e outras menos, que podem prejudicar a saúde dos nossos felinos. Felizmente, com a prevenção adequada é possível evitá-las, pois para algumas delas existem vacinas. Esta doenças são:


  • Panleucopenia felina;

  • Rinotraqueite felina;

  • Calicivirose ou calicivírus felino;

  • Pneumonite felina;

  • Peritonite infecciosa (PIF);

  • Imunodeficiência felina (FIV);

  • Leucemia felina (Felv).


 

Pneumonite felina


Esta doença produz um microrganismo conhecido como Chlamydia psittaci que produz uma série de infecções conhecidas como clamídias que se caracterizam por rinites e conjuntivites nos felinos. Estes microrganismos, por sua vez, são parasitas intracelulares que se contagiam através do contato direto com fluidos e secreções corporais. Não é letal, mas para evitar complicações que podem resultar na morte do felino, deve consultar o veterinário assim que possível para iniciar o tratamento. A pneumonite felina, juntamente com rinotraqueite felina e calicivirose, forma o conhecido complexo respiratório felino. Os sintomas dessa doença incluem lacrimejamento excessivo, conjuntivite, pálpebras doloridas e avermelhadas secreção ocular abundante que pode ser amarelada ou esverdeada, espirros, febre, tosse, coriza e falta de apetite, entre outros. O tratamento deve ser baseado em antibióticos além de limpezas oculares, repouso, dieta alta em carboidratos e, caso seja necessário, fluidoterapia com soro. Como na maioria das doenças, a melhor forma de prevenção é evitar o contato com felinos contaminados e a vacinação.



 

Peritonite infecciosa (PIF)


O vírus que provoca essa doença é um coronavírus que afeta mais gatos jovens e, do que filhoteso e casionalmente, gatos idosos. Pode ser transmitido por via transplacentária ou através do contato direto e contínuo de secreções orais e respiratórias. A eliminação do vírus se dá pela saliva, urina e fezes. É mais comum em espaços com muitos gatos como criadouros e rua. Os sintomas mais notórios dessa doença incluem febre, anorexia, aumento do volume abdominal e acumulação de líquido no mesmo. Isto acontece porque o vírus ataca os glóbulos brancos, provocando uma inflamação das membranas das cavidades torácicas e abdominais. A PIF, lamentavelmente, ainda não tem cura, No entanto, existe tratamentos paliativos que podem ajudar a prolongar a vida dos gatos com PIF e deixá-lo o mais confortável possível. A progressão da doença pode ser reduzida com antibióticos, antinflamatórios e quimioterápicos. Apenas pode ser administrado um tratamento sintomático de apoio para aliviar as dores e desconfortos que o gato apresenta




FONTES

Ourofino - saude animal

https://www.ourofinopet.com/

18 visualizações0 comentário

留言

評等為 0(最高為 5 顆星)。
暫無評等

新增評等
bottom of page